José Alves Marques comemora 67 anos com amigos e familiares

 

José Alves Marques com amigos e familiares durante comemoração de 67 anos.

Entre os muitos amigos de diversas casas portuguesas e grupos folclóricos de São Paulo, o aniversariante citou nomes como André Magalhães, Izilda Rachas, Varela Leal, Dr. Vitorino Fontinha, Herlander Gomes, Arnaldo e Cândida Nobre, etc. Na festa realizada em seu novíssimo Buffet São Maques, foi servido um jantar e teve animação de uma banda. “Todo mundo gostou, todo mundo ficou satisfeito. Isso que gostamos, que todos saiam satisfeitos”, disse o aniversariante.

E a amizade é realmente importante para o aniversariante. Falando sobre a ligação entre a família Marques e a família Rachas, Pardal destacou a presença da grande amiga Izilda Rachas. “Há 20 anos, depois do falecimento do Sr. Fernando Rachas, ela não tem comparecido em festas, eventos em casas portuguesas nenhuma, e ela veio com os familiares. Pessoalmente foi muito gratificante a Izilda estar presente”, disse com orgulho.

 

José Alves Marques já havia comentado com a folclorista (do antigo Grupo Folclórico Minhoto) para promover uma excursão à Portugal, se comprometendo a ajudar a levar o grupo – ficando este assunto como um projeto futuro. Para ele, o retorno das apresentações do Minhoto foi uma surpresa muito positiva. “Para mim foi uma surpresa, eu nem sabia que eles estavam ensaiando, ela me convidou para ir à festa dela, e para minha surpresa lá estava o Rancho. Todos os amigos estavam ajudando, foi uma festa de arromba mesmo”.

O animado aniversário de Pardal reuniu não só amigos, como também muitos familiares, que prestigiaram o luso-brasileiro nestes 67 anos de história, de luta, de muitas vitórias. 51 Anos de história no Brasil José Alves Marques é natural de Seixas da Beira, cidade de Oliveira do Hospital, distrito de Coimbra. Viveu em Portugal até os 16 anos, e depois seguiu para traçar sua história no Brasil. Desembarcou sozinho e veio direto para São Vicente, litoral paulista, onde já tinha familiares.

 

José Alves Marques com amigos e familiares durante comemoração de 67 anos.

“Os começos são sempre difíceis” diz Pardal sobre a vinda ao Brasil, um recomeço com esperança numa vida melhor e saudades dos pais e irmãos, que mais tarde também vieram ao Brasil. “A minha irmã teve aqui mais tempo mas não gostou do Brasil, dizia que aqui não dava. Eu vim tentar, ver se no Brasil era bom ou não, e me dei muito bem aqui. Em Portugal a situação era mais difícil, eu trabalhava na roça então resolvi vim, e tive grande sucesso graças a Deus. Meu avô, um homem muito católico, sempre dizia: ‘Vai que você vai ser feliz, vai arrumar alguma coisa no Brasil porque você é muito inteligente’. Ele falava assim para mim”.

Casado com sua prima Maria de Fátima Marques, nascida em Santos, filha de português, Pardal teve três filhos: Manuel, Regina e Renata. Hoje já desfruta da condição de avô, tem dois netos do mais velho: Gustavo e Lucas.

Pardal sempre trabalhou na panificação. Depois de 25 anos no ramo, resolveu largar a padaria e montar uma Lanchonete e Pizzaria. Atualmente, a família possui também uma Marmoraria, e um Buffet de Festas, tudo levando o nome “São Marques”.

Agora, José Marques pode voltar para seu país de origem, e empregar um pouco de suas economias na reforma de uma casa. É o que está acontecendo. Neste mês de maio, Pardal pretende voltar a Portugal, como viaja todos os anos. “Mas este ano, eu vou com minha casinha praticamente pronta”, refere Pardal, sobre a casa que era de seus avós, localizada em Seixas da Beira, em Coimbra.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto:

Send this to a friend