França deixou de ser segundo destino da emigração portuguesa em 2017

Da Redação
Com Lusa

O número de portugueses que entrou em França em 2017 foi de 8.316, o mínimo da última década, que faz com que aquele país deixe de ser segundo destino da emigração nacional, divulgou o Observatório da Emigração.

“Foram 8.316 os portugueses que, em 2017, entraram em França, segundo os dados da nova série facultada ao Observatório pelo Institut National de la Statistique et de Études Économiques [Instituto Nacional de Estatística e de Estudos Econômicos francês]. Este número representa um decréscimo de 32,8% quando comparado com o das entradas no ano anterior”, refere-se num comunicado do observatório.

Assim, “apesar da ligeira retoma ocorrida em 2016 (+7%), em 2017, houve um decréscimo acentuado (-33%), fazendo de 2017 o ano em que entraram menos portugueses naquele país na década em curso”, segundo aquela entidade.

O Observatório da Emigração concluiu ainda que “as entradas em França parecem ter acompanhado a tendência geral dos fluxos de emigração portuguesa”.

Com o valor registado em 2017, a França deixa de ser o segundo país de destino dos portugueses, tendo sido ultrapassado pela Espanha e pela Suíça, acrescentou-se.

O número de novos emigrantes portugueses em França atingiu um máximo em 2012 com 19.658 entradas em território francês. Mas desde então o número de entradas de portugueses naquele país tem vindo a cair.

Em 2013, o número de novos portugueses a residir em França baixou 4%, no ano seguinte caiu 22% e em 2015 registou mais um decréscimo de 21%, segundo os números revelados pelo observatório.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto:

Send this to a friend