Folcloristas prestam homenagem à Antonio Padeiro

Após a entrada do R.F. Pedro Homem de Mello, e com a música Vira Velho de Vila Verde, moda da terra natal de Antonio Padeiro, todos os componentes depositaram um rosa branca junto à concertina e à foto do ex-diretor.

Segundo eles, esta foi uma forma de simbolizar amor e paz ao “grande amigo e diretor que partiu mas deixou seu coração com todos os componentes”, referiu a direção em nota enviada ao Mundo Lusíada.

Folcloristas e convidados ouviram ainda a moda Correlhã Terra Amada, uma das últimas músicas que Padeiro estava ensaiando para colocar no repertório do Rancho. O momento foi de grande emoção e acompanhado com total atenção por todos. Especialmente por parte da afilhada Vanessa Macedo, que falou do padrinho com emoção e grande sentimento.

Após a atuação do Pedro Homem de Mello, os convidados assistiram a apresentação do convidado: Grupo Folclórico Espanhol Lembranza e Agarimo do Clube Hispano Brasileiro.

“Não tenho palavras pra expressar todo meu sentimento. Só sei dizer que é uma mistura de saudade, amor, admiração, orgulho por ter vivido ao lado de uma pessoa que nem você, padrinho. Que sempre soube amar e acolher a todos, sempre com seu sorriso cheio de paz.. Este instrumento que está em suas mãos na foto não silenciou, mas vibra sempre trazendo a tua lembrança a todos que ouvem o som! Você é muito amado, pois sempre amou. Estará sempre guardado em nossas mentes e principalmente nos nossos corações, que ainda choram de saudades tuas. Te amo pra sempre! Vanessa Macedo”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto:

Send this to a friend