COTEC lança 2ª Edição do Prêmio Empreendedorismo Inovador na Diáspora Portuguesa

Da Redação

Numa iniciativa da COTEC Portugal com o Alto Patrocínio do Presidente da República, foi lançada, em 30 de janeiro, a 2ª edição do Prêmio Empreendedorismo Inovador na Diáspora Portuguesa, cujas candidaturas decorrerem até próximo dia 31 de março.

O galardão tem como objetivo central premiar e divulgar publicamente cidadãos portugueses que se tenham distinguido pelo seu papel empreendedor, inovador e responsável, no contexto das respectivas sociedades de acolhimento. Cidadãos que constituam exemplos de integração pró-ativa nas correspondentes economias e de estímulo à cooperação entre Portugal e os países onde residem.

"Os candidatos serão avaliados pela robustez das suas carreiras empreendedoras desenvolvidas no estrangeiro e pelo impacto previsível do seu trabalho, quer nos países onde se encontrem inseridos quer na economia portuguesa. Será ainda tida em conta a utilização da capacidade empreendedora na promoção de iniciativas inovadoras, à luz de critérios adoptados internacionalmente, tais como novos produtos ou novos serviços" divulga a organização.

De acordo com presidente do Júri, Filipe de Botton, a “segunda edição deste prêmio dirigido à diáspora reveste-se de uma importância fundamental na afirmação internacional de Portugal”. No ano passado, a COTEC recebeu 65 candidaturas e os vencedores foram Carlos De Mattos e Fernando Ferreira.

De Mattos, 56 anos, fundou a CDM Interactive, uma empresa cinematográfica nos EUA, em Hollywood, que fabrica e comercializa equipamentos, em particular sistemas de iluminação, para filmagens e espectáculos. Começou a trabalhar na parte técnica de vários filmes, entre os quais “ET” e “Forrest Gump”, criou sistemas de iluminação diferentes e pelo seu trabalho inovador, já foi galardoado com dois Óscares da Academia de Artes e Ciência de Hollywood.

Fernando Ferreira, 62 anos, empresário, é proprietário da maior empresa de cofragem da Austrália, a Wideform, que opera em betão armado, na construção civil e obras públicas. Foi agraciado com a Comenda da Ordem de Mérito pelo Governo Português e foi também considerado o melhor empresário estrangeiro na Austrália em 2005. Ele participa em diversas iniciativas sociais na Austrália, Portugal e Timor-Leste e detém uma parceria com o Grupo Martifer para o desenvolvimento de novas áreas de negócio, com destaque para os parques eólicos.

Para saber mais sobre o prêmio, acesse: www.cotec.pt/diaspora.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto:

Send this to a friend