Conselho da Comunidade faz homenagem para Antonio dos Ramos

Mundo Lusíada

Leonardo Costa/Divulgação

O Conselho da Comunidade Luso-Brasileira do Estado de São Paulo promoveu uma homenagem a uma grande personalidade da comunidade portuguesa de São Paulo, o comendador Antonio dos Ramos. O evento aconteceu na sede do órgão, em 13 de novembro, na seqüência do tradicional Almoço das Quintas, na Casa de Portugal de São Paulo.

Abrindo a cerimônia, na sede da entidade, o presidente do Conselho, Antonio de Almeida e Silva saudou e agradeceu a presença de todos, ressaltando a importância desta homenagem. "Nós temos a obrigação de preservar a memória de pessoas que contribuíram muito para a construção da comunidade. Que esse quadro sirva para lembrar à nova geração o excelente trabalho do eterno presidente Ramos".

Por sua vez, o cônsul de Cabo Verde, Aguinaldo Rocha, enfatizou o quanto foi gratificante o trabalho do comendador Ramos. “Ele sempre conseguiu transferir para todos nós a sua paixão em pertencer à comunidade".

Por último, o comendador Antonio dos Ramos, disse "estar muito emocionado pela homenagem e por fazer parte da história da comunidade, 12 anos à frente do Conselho e 22 anos na Casa de Portugal".

Quem é Antonio dos Ramos Nasceu em 19/01/1942, em Vilarelho da Raia – Chaves – Portugal. É casado com Selene Fátima de Oliveira Ramos, natural de Anadia, Portugal, com quem tem duas filhas: Ana Carolina de Oliveira Ramos e Flávia de Oliveira Ramos.

Ele Chegou ao Brasil em 1959, com 17 anos de idade. Em 1960 fundou a firma Ramos Representações Ltda e iniciou a carreira de vendedor viajante no ramo de auto peças. Em 1963, fundou, em sociedade com os irmãos Frederico dos Ramos e João Batista dos Ramos, a Ginjo Auto Peças Ltda., distribuidora de peças para automóveis, caminhões e tratores para todo o Brasil, hoje uma das maiores empresas do País no ramo.

Em 1994, também em sociedade com os irmãos Frederico e João, iniciou as obras de restauro do Forte de São Francisco, um Monumento Nacional do século XVII, em Chaves, Portugal, que se encontrava em estado de total abandono, transformando-o numa das mais cintilantes jóias da hotelaria, inaugurado em maio de 1997 pelo presidente da República, Dr. Jorge Sampaio.

Antonio dos Ramos foi vice-presidente da ANDAP – Associação Nacional dos Distribuidores de Auto Peças de 1972 a 1996; vice-presidente da Federação das Associações Portuguesas e Luso-Brasileiras de 1985 a 2000; presidente do Conselho da Comunidade Luso-Brasileira do Estado de São Paulo de 1993 a 2005; presidente da Casa de Portugal de São Paulo de 1985 a 2007 e transformou-a na entidade que mais fez em prol da difusão da cultura portuguesa no Brasil nos últimos anos.

Em 1987, Mário Soares, presidente de Portugal, em visita oficial ao Brasil, condecorou-o com a Comenda Medalha do Infante Dom Henrique e, nesse mesmo ano de 1987, foi condecorado pelo Governo Brasileiro com a Medalha de Honra ao Mérito do Trabalho. Em 1994, a Câmara Municipal de São Paulo, atribuiu-lhe o título de Cidadão Paulistano e em 2000 a Câmara Municipal de Chaves atribuiu-lhe a Medalha da Cidade.

1 Comment

  1. Orestes Domingues, advogado, me sinto muito honrado por ter sido recebido na Casa de Portugal pelo seu Presidente; Sr. Comendador Antonio dos Ramos, como não faria diferente, me recebeu com sua galhardia costumeira, aliás, eu tive o prazer de trabalhar com Antonio, João, com Federico dos Ramos com quem estive em Portugal e 2014, Na Vilarelho da Raia do Coração, antes de sua partida. Antonio Dos Ramos desejo-lhe muitos anos de vida com qualidade, você é um exemplo de guerreiro, sou muito seu admirador desde 1971, quando trabalhei na querida Ginjo Auto Peças Ltda., permita-me enviar um respeitoso abraço.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    Send this to a friend