Casa dos Açores do Rio vai realizar Festival de Folclore

Por Igor Lopes

A Casa dos Açores do Rio de Janeiro vai realizar no dia 29 de setembro, às 20h, o V Festival Internacional de Folclore. O evento vai acontecer na sede da entidade, no bairro da Tijuca, Zona Norte carioca.

O Festival vai contar com a participação do Grupo Folclórico Padre Tomáz Borba, da Casa dos Açores do Rio; do Grupo Folclórico Germânico Bergsfadf, da Áustria; do Grupo Étnico de Danças, da Índia; do Grupo Pypore – Balé da Oficina de Folclore Argentino, da Argentina; do Grupo Folclórico Casa Ilha da Madeira, da ilha da Madeira; e do Rancho Folclórico do Arouca Barra Clube, do Rio de Janeiro. Haverá espaço ainda para a apresentação do grupo local “Cláudio Santos e Amigos”.

O público terá acesso gratuito ao recinto, necessitando apenas de levar algum alimento para doação a famílias carentes.

Segundo a Casa dos Açores do Rio, o evento é organizado anualmente pelo rancho da entidade com o intuito de divulgar o folclore.

Celebração

No dia 22 de julho, a Casa dos Açores do Rio comemorou o seu 64º aniversário de Fundação.

“A Casa dos Açores, tradicional Casa que representa a comunidade dos portugueses açorianos no Rio de Janeiro, comemorou, neste mês de julho, o seu aniversário com uma festa, nos possíveis padrões e costumes açorianos, quer seja na culinária, quer seja nas tradicionais músicas ou modas regionais dos Açores, cujas modas, cantadas e bailadas pelo seu belo e bom grupo folclórico Padre Tomás Borba”, comentou Francisco Gonçalves, segundo vice-presidente da Casa, que frisou que “a frequência de público na entidade tem sido razoável apesar da diminuição das famílias açorianas, por motivos evidentes da quase, hoje, extinta emigração dos Açores para o Brasil”.

“Uma coisa é fazer uma festa quando havia cerca de 30 mil açorianos no Rio de Janeiro na década de 1950; outra é festejar e manter a Casa dos Açores nos dias de hoje, em que se perde a conta de tão poucos imigrantes açorianos propriamente ditos ou natos. Mas é com presteza, dedicação e perseverança que um grupo de bons descendentes de imigrantes açorianos e alguns jovens brasileiros estão mantendo e dando continuidade à afirmação da identidade tradicional açoriana na Casa dos Açores do Rio de Janeiro”, finalizou Gonçalves.

Eventos

Ainda em setembro, a Casa dos Açores realizou a Festa em Louvor à Nossa Senhora dos Milagres, no dia 9, com missa e almoço de convívio social. A tradicional festa tem origem na Freguesia da Serreta, na Ilha Terceira. A atração musical ficou por conta do show ao vivo do grupo Amigos do Alto Minho e também do Coral Vozes da Vida.

Em outubro, haverá o Encontro Cultural, no qual se apresentam fatos históricos relacionados a pessoas importantes que enriquecem os valores culturais das Ilhas açorianas. Esse evento conta com a presença de autoridades relacionadas ao tema abordado e ainda com o Cônsul-Geral de Portugal, além de outras personalidades gestoras da cidade e da cultura no Rio.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto:

Send this to a friend