Almoço do Pedrão com folclore do Tricanas

Rancho aumenta a “família” e divulga vagas para tocata, coro, corpo de dança, e grupo mirim.

Mundo Lusíada

Mundo Lusíada

Em 19 de abril, o Rancho Folclórico Pedro Homem de Mello recebeu convidados para mais um almoço promovido no salão de festas do Santuário Nossa Senhora de Fátima, no Sumaré em São Paulo.

Os convidados deste domingo assistiram a apresentação do Rancho Folclórico Tricanas de Coimbra de Santos. Com uma média de 30 componentes, o Tricanas apresentou suas modas e animou o público para o vira-livre. “A recepção do grupo foi maravilhosa e, o mais emocionante foi quando o famoso Zé Corrêa falou sobre o Rancho, dizendo que algumas pessoas disseram a ele que o Tricanas não era mais o mesmo, e que estas pessoas estavam muito enganadas porque o Rancho estava grande e lindo, mostrando o empenho dos novos componentes”, disse a cantadeira do grupo, Vanessa Gonçalves.

Viagem ao Rio O Pedro Homem de Mello não esteve se apresentando no dia, pois o grupo se preparava para uma apresentação no Rio de Janeiro, entre 01 e 03 de maio. A diretoria fez uma seleção para a viagem que, para além de um ônibus, deve ir mais três carros com componentes do grupo. Eles têm apresentações agendadas na Casa da Vila da Feira e Terras de Santa Maria, para festa típica de 47 anos de fundação, e na Casa de Viseu do Rio de Janeiro.

De acordo com Fátima Macedo, os componentes do rancho folclórico já somam 60 pessoas, entre tocata, corpo de dança, coro e cantadores, retomando com o ensaiador Kaká, que vem do Rio de Janeiro à São Paulo toda semana para continuar com o mesmo estilo de folclore do Pedrão. “Estamos aumentando o coro, então pessoas que gostam de cantar estamos admitindo, pessoas que tocam também estamos. Está aumentando de modo geral, tanto tocata, como coro, como grupo folclórico, este ano de 2009 é realmente para aumentar a família”, diz a Márcia Moreno, que é a nova diretora artística do rancho, quem confirmou ao Mundo Lusíada os novos projetos do grupo. Além de aumentar a família do Pedrão, o grupo deu continuidade ao Grupo Folclórico Mirim do Pedro Homem de Mello.

“Este projeto já existia quando eu assumi neste final de 2008. Começamos a trabalhar novamente com as crianças porque acredito que são as crianças que vão dar continuidade ao folclore aqui em São Paulo. Então, incentivando o grupo mirim estamos sempre aumentando os novos componentes para o grupo. E também com os pais sempre colaborando é muito válido”, diz Márcia Moreno, sobre o mirim que já conta com uma média de 15 crianças. Os interessados em participar, crianças de 04 até 12 anos, devem comparecer aos ensaios realizados aos domingos, a partir das 18 horas, no próprio salão de festas do Santuário N.S. de Fátima, no bairro do Sumaré.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    Send this to a friend