A primeira casa de fado do Rio Grande do Sul abriu suas portas

Da Redação

A Casa de Fado Maria Lisboa abriu suas portas no último dia 19, no modelo soft opening, com uma programação muito especial.

O Alma Lusitana, grupo residente da casa, dividiu o palco com a fadista portuguesa Salomé Ferreira. A Maria Lisboa está localizada na Rua Olavo Bilac, 198, endereço que tradicionalmente recebe as edições do “Fado na Cidade Baixa” uma vez por mês, nas tardes de domingo.

“Esta é a primeira casa de fado do Rio Grande do Sul, e nosso objetivo é divulgar a cultura portuguesa”, afirma a produtora cultural Edna Souza, proprietária do espaço, juntamente com seu marido, o músico Jéferson Luz.

A Maria Lisboa, além das noites de fado, terá uma extensa programação cultural, com eventos ligados à literatura, à gastronomia e ao artesanato lusitano. A casa também terá uma cafeteria temática.

De acordo com Edna Souza e Jéferson Luz, durante os meses de janeiro e fevereiro, a Maria Lisboa funcionará no modelo soft opening para que os ajustes em toda a programação cultural e também na prestação de serviços sejam realizados. A inauguração oficial do espaço está programada para março.

O grupo Alma Lusitana, que lançou seu primeiro CD no segundo semestre deste ano, é formado pela cantora Alana Pereira e pelos músicos Jéferson Luz, na guitarra portuguesa, Diego Costa, no violão, e Maurício Montardo, no teclado.

Para acompanhar a programação da Maria Lisboa, acesse o Facebook @marialisboafados.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: