26 Anos de Poveiros comemorados com jantar dançante em São Paulo

Por Vanessa Sene

Na noite de 08 de abril, a Associação dos Poveiros de São Paulo promoveu um jantar dançante para comemorar mais um aniversário de fundação. Com presença de diversos presidentes associativos, o evento contou também com a presença do vereador Toninho Paiva que entregou uma homenagem ao presidente da casa, Lino Lage, pela data comemorativa.
O presidente foi reeleito recentemente, e convencido pela sua diretoria a ficar mais um mandato à frente da entidade. “Vou ficar mais dois anos à frente da casa, agora vamos trabalhar” diz Lino Lage, presidente para o biênio 2017-2019. “Vamos fazer mais festas, mais eventos, mais coisas culturais e filantrópicas, vamos tentar fazer mais eventos diferentes” diz o presidente.
Nestes 26 anos, a diretoria estava muito realizada com mais um aniversário de fundação. “Quando os poveiros fundaram a casa ninguém acreditava que iria tão longe, e hoje estamos quase todos aqui presentes, contestes e é uma casa que reúne os amigos poveiros da Póva de Varzim, e um local de encontro para matarmos a saudade da nossa terra”.
Durante o evento, o presidente da Casa dos Poveiros do Rio de Janeiro, Carlos Cesar, entregou um mimo em homenagem à entidade aniversariante. Todos os presidentes de associações coirmãs foram chamados a frente para representar a comunidade luso-paulista nesta noite de aniversário. O vereador Paiva também prestou homenagem com um singelo troféu entregue ao presidente da casa. “Toninho Paiva é um colaborador da casa, é proponente das festas então está sempre conosco” diz Lino. Ainda, as mulheres dos presidentes receberam flores em nome do departamento feminino.
“A Câmara Municipal presta uma homenagem costumeira nestes 26 anos, inclusive um dos fundadores Manuel da Cruz também estamos perpetuando o seu nome numa praça na Casa Verde. Acho que cada vez que estamos no aniversário de uma casa é importante para a comunidade brasileira e portuguesa, e temos a liberdade de conversar, lembrar dos tempos de infância em Portugal, são momentos inesquecíveis, porque vamos passando e aqueles que vão ficando a gente espera que continuem essa tradição” disse o vereador Paiva, ao Mundo Lusíada, destacando a cultura e a língua principalmente como heranças lusas.
O vereador também falou sobre o trabalho do presidente reeleito. “Lino é merecedor de dar continuidade no trabalho que vem sendo feito, a Póvoa do Varzim tem prestado grandes serviços para a sociedade, quando ele faz atos solenes religiosos e nós brasileiros aprendemos muito com eles, como a fé no padroeiro. E queremos que essa cultura nunca acabe, eu sou um lutador para que tenha continuidade” disse Paiva chamando atenção do papel da participação da juventude. “Temos vários locais aqui em São Paulo que traz as tradições para aqueles que as vezes não se lembram, temos que participar dos festejos e comemorar sempre a participação dos portugueses no Brasil”.
Antes realizada com uma noite de diversos homenageados, a casa fez neste ano uma curta solenidade e deixou os homenageados para serem lembrados na Festa de São Pedro no Dia do Poveiro, promovida em junho com fogueira e sardinha na brasa, típica da Póvoa de Varzim.
A festa de aniversário, mais solene, contou com um conjunto dançante, muitos quitutes da culinária tradicional, como alheira e bolinho de bacalhau, a bacalhoada com acompanhamentos, um cardápio tipicamente português, além de bebidas a vontade, e colocou os convidados para dançar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto:

Send this to a friend