24 Anos do PHM reúne grande público e folcloristas do Rio

Por Vanessa Sene
Mundo Lusíada

 

Em 18 de novembro, o Rancho Folclórico Pedro Homem de Mello promoveu mais um ano de fundação com uma grande festa no salão da Basílica do Carmo, em São Paulo. Cerca de 300 pessoas compareceram ao evento. A comemoração de aniversário se iniciou com uma missa em ação de graças e por todos aqueles que já passaram pelo rancho. Depois do almoço, muito folclore e homenagens marcaram a festa.

“Mais um ano de luta, de trabalho e de reconhecimento para que possamos transmitir toda a nossa tradição para todos, e só tenho a agradecer este público que está aqui hoje” disse emocionada Fátima Macedo, uma das responsáveis pelo engrandecimento do grupo ao longo dos últimos anos. “Eu encontro pessoas que frequentavam o Santuário de Fátima no Sumaré, é muita emoção. O nosso coração esteve muito tempo lá, agora está aqui” mencionou sobre a atual casa do PHM.

José de Souza, o mestre Souza, fundador do Rancho PHM e ensaiador por 12 anos, recebeu uma homenagem no palco durante o aniversário do grupo. Atualmente ele e a família participam da Casa do Minho do Rio de Janeiro. O frei Ezequiel Vinicius, componente do PHM, também recebeu homenagem já que essa foi sua última apresentação no grupo, por conta da sua vocação na igreja, terá que se afastar para cumpri uma missão. “Ele vai ficar três anos dedicados ao Mosteiro de São Bento” conta Fátima.

Como convidado, esteve o Rancho Folclórico Veteranos da Casa do Minho do Rio de Janeiro, “um rancho muito parceiro e amigo. Fizemos o convite e eles vieram” diz Fátima Macedo. José Carlos e Paulo são os diretores do grupo do Rio, formado em 1997 e composto por 45 componentes e ex-integrantes do Maria da Fonte, e conversaram com o Mundo Lusíada sobre essa amizade. “O Pedro Homem de Mello sempre parceiro da Casa do Minho, para nós é um prazer muito grande ter sido convidado para a festa de aniversário deles” diz Paulo que já adianta, em julho do próximo ano o PHM estará na festa de 16 anos do grupo carioca. Tanto o grupo Veteranos como o Maria da Fonte se dedicam ao folclore do Alto Minho. “A Casa do Minho é reconhecidamente, tanto no Brasil como em Portugal, como a embaixada minhota” defende.

Justiniano Lameiras, diretor do Rancho Pedro Homem de Mello, tem toda a família envolvida no folclore, o que para ele é motivo de orgulho. “É uma caminhada, há sempre discordâncias mas procuramos trabalhar para que tudo corra sempre bem” diz ele que elogiou a linda festa do Pedrão. “O salão está lotado, já esperava que fosse ficar cheio mas surpreendeu” diz Justiniano que adiantou ainda que o grupo pode ter uma viagem especial para 2013 a Portugal.

Composto por 60 componentes, atualmente o PHM é ensaiado pela Vanessa Macedo, e pelo Lucas Gabriel que ensaia os novos componentes. No encerramento da agenda de 2012, o rancho se apresenta na Adega da Lusa de 08 de dezembro na Portuguesa, e dia 09 na Provedoria da Comunidade Portuguesa.

No almoço, o departamento feminino preparou 50 quilos de cabrito, além de diversos acompanhamentos. “Agradeço a Pastelaria Condessa Brasileira dos amigos Chico e Beth Gil, e também a Santa Cândida do Sr. Cunha e dona Clea, que nos ofereceram os bolos para comemorarmos 24 anos. No ano que vem, quero 25 padarias para celebrarmos os 25 anos do grupo” brincou Fátima Macedo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto:

Send this to a friend