Portugal e sua Formação há Bilhões de Séculos

Por Adriano Augusto da Costa Filho

Eras e Eras se passaram, e Portugal estava ali, milhões e bilhões de séculos, desde o dia que o Planeta Terra foi atingido por um “Astro Planetário” que determinou a separação do bloco de terra das águas oceânicas e daí a formação dos atuais continentes e milhares de ilhas, haja vista o contorno do Continente Africano que se ajusta ao contorno do Continente da América do Sul.
Portanto, Portugal foi delineado a “Bilhões de Séculos” e foi premiado em ficar à frente do Oceano Atlântico, para mostrar ao Mundo a sua qualificação eterna do maior país navegador e descobridor da humanidade.
O nosso Planeta Terra sofreu em várias épocas a sua transformação, que culminou com o aspecto que hoje temos do Globo Terrestre, com os 5 continentes e a sua formação e bem como a constatação dos países e ilhas formados, é produto das viagens oceânicas na conquista de territórios, porém, os países que hoje são conhecidos, as suas formações são eternas e tão somente os seres humanos os identificam conforme as conquistas.
As “eras” de formação do Planeta Terra, após a explosão há bilhões de séculos, nos deu as respectivas denominações, portanto para exemplificar essas demandas iremos apresentar um quadro geral do assunto.
Eras Geológicas do Planeta Terra; conforme os cientistas o Planeta Terra acusa quase 4,5 bilhões de anos nas eras, como seja: Cemazoica, Alelazoica, Paleazoica, Proterazoica e Arqueozoica, esse tempo se deu desde os períodos quaternário até o cambriano e as épocas desde o gelacema passando pelo mioceno ao palenoceno, e assim sendo temos a qualificação e algo de conhecimento da formação do Planeta Terra.
Como disse acima, Portugal, com o nome atual vem logicamente de épocas recentes, passando pelo nome de Lusitânia e outras épocas, como a Ibéria, a época dos Celtas e outras raças que invadiram a Península Ibérica, dos Romanos, dos Mouros, e foi descoberto pelos cientistas do Vale do Silício nos EUA uma caverna com esqueletos humanos e animais, e esses maravilhosos cientistas, após o exame dos esqueletos pelo DNA, informaram à humanidade que os esqueletos tem 12 bilhões de séculos, porém o desenho eterno do nosso Portugal foi formado a bilhões de séculos, para que nós descendentes e os portugueses pudéssemos apreciar a formação qualificada de Portugal, dentro do continente Europeu e pudéssemos e podemos o adorar e verificar que ele é o cérebro desenhado na cabeça do Continente Europeu, para glória eterna do nosso eterno PORTUGAL.

 

Por Adriano Augusto da Costa Filho
Membro da Casa do Poeta de São Paulo, Movimento Poético Nacional, Academia Virtual Sala dos Poetas e Escritores, Academia Virtual Poética do Brasil, Ordem Nacional dos Escritores do Brasil, Associação Paulista de Imprensa, Associação Portuguesa de Poetas/Lisboa e escreve quinzenalmente para o Jornal Mundo Lusíada.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto:

Send this to a friend