Porto e Vila Nova de Gaia: irmãs gêmeas

Vila Nova de Gaia, Porto. Foto: Antônio Amen
Vila Nova de Gaia, Porto. Foto: Antônio Amen

As duas cidades PORTO E GAIA ficam uma em frente da outra e quem ali vai jamais fica sem estar algum tempo com as duas, evidentemente Gaia é namorada do Porto e estão separadas pelo famoso Rio Douro, local foi premiado com o título de “Patrimônio Mundial” pela Unesco.

Realmente Gaia e Porto são semelhantes e na mistura o turista fica eletrizado não sabendo se está no Porto ou Gaia. As maravilhas são duplas, as viagens pelas 5 pontes maravilhosas do Rio Douro, os passeios de Barcos, um número elevado de restaurantes e quem vai ao PORTO naturalmente vai a GAIA.

Vila Nova de Gaia está unida à cidade do Porto pela Ponte Dom Luis 1º que foi construída na primeira década do Século 20 e eu na minha infância ouvia maravilhas dessa Ponte, uma vez que o meu  pai Adriano Augusto da Costa, trasmontano, quando emigrou para o Brasil em 1911 a atravessou e sempre se referia a ela como uma das coisas mais lindas do mundo e eu naturalmente nas 3 vezes que fui a Portugal, 1998, 2012 e 2013, fiz questão de a atravessar algumas vezes.

Uma das glórias maravilhosas desses espaços é o famoso “Vinho do Porto”, que é produzido na Região de “Pêso da Régua” ao Norte de Portugal, é levado em Barcas pelo Rio Douro até Vila Nova de Gaia, e hoje em grandes Navios/Barcos pelo Rio Douro, como foi costumeiramente em épocas mais antigas por Barcaças.

Esse vinho tem uma marca todo especial, o famoso “Vinho do Porto ADRIANO RAMOS PINTO”, que configura-se com a cidade do PORTO como o mais famoso Vinho do Mundo, celebrado e celebrando em todas partes do mundo, com as pessoas festejando com “Um Vinho do Porto” ou vamos festejar com um “Porto”.

Existem várias “Caves” e imensos “Tonéis “do Vinho do Porto, e o seu criador famoso o Adriano Ramos Pinto, no século 19 e começo do século 20, colocou cartazes em que “Adão e Eva” eram tentados a tomar o Vinho do Porto e todo turista que percorre essas Caves, no final da visita, é convidado a ir a uma degustação do vinho e além do mais existe um especialista que acompanha o turista nessa degustação. Em quase toda a região da ribeirinha existem essas Caves e os turistas ficam admirados pela forma com que são tratados num ambiente verdadeiramente lusitano.

Nas vezes que estive no Porto e em Vila Nova de Gaia fiquei sempre deslumbrado pela atenção da fidalguia lusitana e com o tratamento dado aos turistas de quaisquer nações, com isso senti-me honrado pela minha descendência direta portuguesa de Trás-os-Montes, e agora com a dupla nacionalidade, porque sou brasileiro pelo Sol e português pelo sangue e um imenso orgulho dessas terras magníficas.

PORTO E VILA NOVA DE GAIA, irmãs Gêmeas, que enchem de orgulho a terra lusitana, a terra de Camões, para honra e glória do nosso eterno PORTUGAL.

 

Adriano Augusto da Costa Filho
Membro da Casa do Poeta de São Paulo, Movimento Poético Nacional, Academia Virtual Sala dos Poetas e Escritores, Academia Virtual Poética do Brasil, Ordem Nacional dos Escritores do Brasil, Associação Paulista de Imprensa, Associação Portuguesa de Poetas/Lisboa e escreve quinzenalmente para o Jornal Mundo Lusíada.

1 Comment

  1. Porto é minha cidade natal.

    É uma cidade maravilhosa no seu respeito pela cultura e heranças ancestrais.

    Bem haja quem propaga notícias sobre estas duas grandes cidades PORTO E GAIA irmanadas pelas gentes e pelas belas pontes.

    Graça

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto:

Send this to a friend