“Pia do Urso” – A Emocionante história do Portugal Eterno

Na História maravilhosa do PORTUGAL ETERNO, inúmeros fatos ocorreram em diversas épocas, que hoje à luz dos acontecimentos enchem o nosso coração de verdadeiras emoções, não só pelos fatos ocorridos, mas também pela beleza que deles nos trouxeram de séculos e séculos sem fim.
A emocionante história registrada da “PIA DO URSO”, acontecimentos grandiosos se desenrolaram em várias épocas ligadas a esses acontecimentos, que naturalmente nos enchem de orgulho e consequentemente a nós trazem um sonho de ir visitar essas regiões maravilhosas, o que acontecem com a minha pessoa nos idos do ano de 1998, quando em viagem de 30 dias estive nessa região maravilhosa que me ornou a mente eternamente.
A região de “PIA DO URSO”, fica na Freguesia de São Mamede”, no Concelho de BATALHA, há 12 quilômetros de FÁTIMA, um local cheio de história.
Na época dos ROMANOS, “ALQUEIRÃO DA SERRA E PORTO DE MÓS, eram locais muito conhecidos dos Romanos, quando LISBOA era “OLISSIPO” bem como “COLLIPO” era LEIRIA, e “BRACARA AUGUSTA” era BRAGA, a MERIDA, capital da LUSITÃNIA (com seus nomes romanos).
No ano de 1385, “PIA DO URSO” serviu de passagem para as tropas de D.NUNO ÁLVARES PEREIRA, na caminhada para OURÉM a PORTO MÓS, na grandiosa Batalha para a Independência de PORTUGAL, na famosa batalha de “ALJUBARROTA”.
Após 500 anos “PIA DO URSO”, foi ornada com a batalha contra a Invasão Francesa, onde os franceses arrasaram boa parte da região, dizimando boa parte da população e arrasando vários locais tradicionais.
A Origem do nome “PIA DO URSO”, provavelmente se deu em razão de ser uma região muito rochosa, e com grandes vertentes de água, e onde era realmente um “URSO” que vinha beber água num maciço rochoso em formato de Pia e dai advém o nome “PIA DO URSO”.
Essa freguesia mantém até hoje a sua estrutura antiga, com tudo feito de pedra, que dura a vários séculos e com certeza durará eternamente em PORTUGAL. E para se ter uma idéia, apesar da modernidade dos tempos atuais, é verdadeiramente eletrizante ver o local, as suas ruas calçadas, prédios de todo tipo, é uma visão fantástica de um passado que para o turista ou visitante é como se fosse o presente transportado de eras maravilhosas de um passado eletrizante do sempre maravilhoso e ETERNO PORTUGAL.

 

Adriano Augusto da Costa Filho
Membro da Casa do Poeta de São Paulo, Movimento Poético Nacional, Academia Virtual Sala dos Poetas e Escritores, Academia Virtual Poética do Brasil, Ordem Nacional dos Escritores do Brasil, Associação Paulista de Imprensa, Associação Portuguesa de Poetas/Lisboa e escreve quinzenalmente para o Jornal Mundo Lusíada.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto:

Send this to a friend