O Fado e algumas formas de o conhecer

A fadista Maria Emília, jovem brasileira que reside em Portugal e canta o fado desde os 08 anos de idade, animou a noite na Taberna Minhota que lotou na Casa de Portugal do ABC.
A fadista Maria Emília, jovem brasileira que reside em Portugal e canta o fado desde os 08 anos de idade, na Casa de Portugal do ABC.

O turista que vai a PORTUGAL evidentemente tem as intenções turísticas, e no meio delas ver o maravilhoso FADO reconhecido pela UNESCO, como um bem da humanidade.
Como eu consegui nas três viagens que já fiz à Portugal ter o prazer de ver, assistir e mais ainda me apaixonar pelo Fado, tanto o FADO Lisboeta, como o FADO de Coimbra, faço um relato para o possível viajante na sua digressão poder apreciar essa maravilha da música mundial que se chama “FADO “.
REGIÃO DE LISBOA:
MOURARIA: No bairro da Mouraria, em Lisboa, que é uma antiga zona mouristica (onde os mouros vinham cantar os seus lamentos das saudades de suas terras), ali foi o berço da maior cantora de fado de todos os tempos. A “SEVERA”, a magistral e maior fadista, e onde em suas canções falava dos seus amores.
ALFAMA: Um bairro histórico, com ruas e vielas seculares e onde as gentes se misturam a vozes e sons das maravilhosas guitarras. Ali existe a Casa do Fado e da Guitarra Portuguesa e é um local onde se aprende a história do Fado.
CASA DO MUSEU AMÁLIA RODRIGUES: Visão de tudo que foi dela, a “dama do fado” e onde podemos ver suas joias, vestidos e grandes recordações.
LAPA: Ali ao sabor do verdadeiro vinho português, iremos descobrir a força e o sentimento do Fado magistral.
“A SEVERA” uma rica CASA DE FADOS, em que podemos assistir tanto ao fado lisboeta, como o de Coimbra e apreciar os mais variados quitutes lusitanos.
Evidentemente não caberia no espaço tantos e tantos locais maravilhosos, que o turista pode apreciar, casas de músicas, locais de Folclore, mas, o FADO é uma das maravilhas lusitanas de todos os tempos.
REGIÃO DE COIMBRA:
No mês de Maio, em Coimbra, temos a magistral “Festa Queima das Fitas” e ali ouviremos e veremos a SERENATA DO FATO DE COIMBRA. E bem como em qualquer época do ano podemos ir ao Bar À Capela e ouvir o inconfundível som do FADO DE COIMBRA.
REGIÃO DO PORTO:
Na maravilhosa cidade do PORTO evidentemente encontramos locais do FADO, porém, sito a CASA DA MARIQUINHAS, local que estive em intenso som do Fado e existem como em outras cidades maravilhosas casas, clubes, associações, que nos deliciam com o som maravilho do FADO.
O fado nasceu de canções trovadorescas, das saudades e das esperanças. Além dos navegadores que percorriam o mundo, também dos mouros que ao longo dos anos na Lisboa cantavam as suas saudades.
Pela voz da Amália Rodrigues, o fado tornou-se conhecido mundialmente, mas, antes nas épocas mais antigas era tocado em locais discretos, mal afamados e sobre canções proibidas para uma época restrita à salões nobres.
Quem vai a Portugal pode se deliciar numa noite ao som das guitarras tanto em Lisboa como em Coimbra, onde nesta as tradições universitárias se fazem presentes com os estudantes.
Para nós que adoramos o fado ficamos eletrizados ao som das guitarras, e em todo lugar de Portugal, o trinar dela nos eleva emocionalmente, nos reportando aos sonhos que os nossos antepassados nos deixaram para todo sempre e para honra e glória do eterno Portugal.

 

Adriano Augusto da Costa Filho
Membro da Casa do Poeta de São Paulo, Movimento Poético Nacional, Academia Virtual Sala dos Poetas e Escritores, Academia Virtual Poética do Brasil, Ordem Nacional dos Escritores do Brasil, Associação Paulista de Imprensa, Associação Portuguesa de Poetas/Lisboa e escreve quinzenalmente para o Jornal Mundo Lusíada.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto:

Send this to a friend