O espetáculo Circuito Turístico em Portugal

Todo viajante turístico sonha em encontrar lugares nunca dantes pensados, para isso ele sonha bastante antes de concretizar a sua viagem. Desenha o seu roteiro, mas, embora não saiba o que vai ver, a sua imaginação torna-se fértil, fazendo imagens de tudo que possa ver, naturalmente extraídas de livros, fotos e conversas com amigos ou familiares.
Uma das mais sensacionais viagens com certeza e evidentemente será para Portugal, pelas suas características próprias, na construção de um passado feito por várias raças, em séculos e séculos sem fim, de eras remotas, calcadas nos povos que em seu território aportaram em épocas antigas, e até podemos chamar de épocas infinitas, bem como, pela índole do povo português, que conserva as suas raízes e as maravilhosas construções feitas pelo invasores Celtas, gregos, godos, visigodos, romanos e mouros, e como não poderia deixar de ser, do Portugal moderno.
Quando o viajante chega em Lisboa, encontra uma cidade maravilhosa, bonita, cheia de jardins, de castelos, locais antigos conservados, seus elétricos (bondes) muito bem conservados, seu moderno metrô, aeroportos bem instalados, enfim, magníficas obras efetuadas em todos cantos dessa terra sacrossanta. A Lisboa romântica, a Lisboa que já foi o maior Município Romano, que foi o elo final da vitória das conquistas, das margens do seu mar, as magníficas caravelas também avançaram pelos mares em busca de terras saindo da Torre de Belém, que no futuro, deram ao mundo este Brasil imenso, este Brasil que fala a sua “língua” com mais de 200 milhões de habitantes, tornando-se o Brasil, um imenso Portugal.
Para que o turista possa ter uma imagem adequada do que vai encontrar, vamos expor vários lugares nessa viagem simbólica que iremos fazer, para que possa, num futuro breve, caminhar por esses lugares fantásticos, embora não sejam milhares deles porque não caberiam em páginas, todavia, alguns lugares iremos demonstrar o que o cidadão viajante pode encontrar.
LISBOA, a capital portuguesa oferece esplendidos passeios em quase toda a sua área, com locais maravilhosos como a Alfama, a Ponte do Tejo, o Palácio da Ajuda, o espetacular Mosteiro dos Jerónimos construído há mais de 8 séculos, o fantástico Palácio de Queluz que na era Real foi residência em várias épocas dos Reis de Portugal, o Palácio Real, o incrível Museu dos Coches, o bairro de Belém com os seus famosos pasteis, e nas cercanias a majestosa Sintra com os seus palácios mouros, Mafra com a espetacular universidade e na viagem até Sintra, passando pelo Estoril e seu famoso Cassino, e Cascais, ainda o espetacular Castelo de São Jorge e ficaríamos desfilando imensos locais maravilhosos, ainda poderíamos ir à Casa de Fados “A Severa”, com os fadistas lisboetas e os de Coimbra, como o folclore maravilhoso.
LEIRIA, há 100 quilômetros de Lisboa, fica a estupenda cidade de Leiria, ponto crucial para o turista estender-se a dezenas de cidades maravilhosas, como há 12 quilômetros dela a famosa mundialmente conhecida cidade religiosa de FÁTIMA, com os peregrinos do mundo inteiro indo até lá fazer as suas preces religiosas. Óbidos, o fantástico castelo medieval, que vêm da era dos Mouros e que é conservado até os nossos dias, ir a Alcobaça e visitar a tumba dos reis Pedro e Inês de Castro, aquela que foi rainha depois de morta, Nazaré e suas praias maravilhosas onde podemos ouvir o cantar mouro do seu folclore, e o Mosteiro de Batalha, tudo isso à beira de Leiria, uma cidade extremamente moderna. Após Fátima, chegar até Castanheira de Pêra, uma cidade tradicional de séculos, onde podemos avistar a Serra da Estrela.
Descendo do Ribatejo, para o Alentejo, encontramos cidades fantásticas como Cezimbra, Palmela, Santarém, Setubal, e descendo par o Sul no Algarve, encontramos a famosíssima Sagres, baluarte das grandes descobertas portuguesas dos séculos das conquistas marítimas e Lagos Portimão, Albufeira, Olhão e outras maravilhosas cidades.
PORTO, que os ingleses o chama de “Oporto”, com o seu fantástico Rio Douro, e quem chega lá passa por Coimbra, a Universidade secular, com o seu famoso Rio Mondego de tantas e tantos fados à moda de Coimbra. Em volta do Porto, temos cidades maravilhosas com Vila do Conde, Póvoa de Varzim, Ponte de Lima, Espinho, Famalicão e subindo para o Minho, o encantador Minho, com as suas músicas folclóricas espetaculares e uma das mais belas regiões de Portugal, com a sua Guimarães, berço da nacionalidade portuguesa, a cidade de Braga fantástica, Amarante, Penafiel, Viana do Castelo, Barcelos, enfim outras belas.
TRÁS-OS-MONTES, BRAGANÇA, VILA REAL, e outras famosas cidades como CHAVES onde os imperadores romanos iam tomar o banho em suas fontes de água sulfurosa, essa Bragança secular de onde vieram os grandes guerreiros seculares da formação de Portugal, e desse Trás-os-Montes local que nunca foi dominado pelos romanos.
Ficaríamos horas e horas descrevendo cidades de todo Portugal, e se o turista nele passear verá sempre coisas maravilhosas, não só da era moderna, mas de séculos e séculos sem fim, do Portugal saudoso, maravilhoso, que deixará sempre saudades a todo viajante, a todo turista, a todo luso-descendente e a todo português que ali voltar das suas andanças pelo mundo afora. E todo turista poderá ter certeza de uma coisa muito fantástica, ver Portugal é ver o Céu, para honra e glória desse nosso querido Portugal Eterno.

Adriano Augusto da Costa Filho
Membro da Casa do Poeta de São Paulo, Movimento Poético Nacional, Academia Virtual Sala dos Poetas e Escritores, Academia Virtual Poética do Brasil, Ordem Nacional dos Escritores do Brasil, Associação Paulista de Imprensa, Associação Portuguesa de Poetas/Lisboa e escreve quinzenalmente para o Jornal Mundo Lusíada.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto:

Send this to a friend