Leiria, cidade maravilhosa do eterno Portugal

Castelo de Leiria, Portugal. Foto: Hugo Cadavez
Castelo de Leiria, Portugal. Foto: Hugo Cadavez

Leira, a cidade monumental, vêm de séculos e séculos. Já no ano de 1142 recebeu o seu foral do Rei de Portugal, D. Afonso Henriques, com o nome de “Leirena”, que com o tempo se transformou em Leiria.

Ela é a capital do Distrito de Leiria,hoje em torno de 130 mil habitantes, possui 29 “Freguesias” e o seu dia principal e de feriado geral é 22 de Maio, quando no ano de 1545 passou a ter o nome de cidade e também ser a sede do bispado de Leiria. O seu distrito faz fronteiras ao norte com Pombal, a leste com Ourém, a oeste com Marinha Grande e ao sul com Porto de Mós e Batalha, além de que, com o oceano tem a sua faixa da costa com o Oceano Atlântico.

Na sua formação como Leiria, vem da época romana, onde existia um pequeno povoado em torno da atual Leiria e os romanos a chamavam de “Collippo”, dali por motivos de melhor colocação surgiu a nova Leirena, fez parte do império romano e os mouros a ocuparam. Em 1135 foi tomada pelas tropas lusitanas e pelo primeiro Rei de Portugal D.Afonso Henriques, onde construiu grandes muralhas,todavia, houve expansão com o domínio português e a cidade saiu das muralhas que foram construídas no tipo dos construtores romanos.

O Castelo de Leiria, obra prima que resiste a séculos e no século 14 foi erguida a torre no seu maravilhoso castelo e no fim do século XV  Dom João I construiu o palácio real dentro de  suas muralhas, e do mesmo jeito reconstruiu a Igreja de N.S.da Pena e a Sé Catedral de Leiria, no século 16.

Essa cidade maravilhosa está localizada entre as duas maiores cidades portuguesas, Lisboa e Porto, distante de Lisboa 140 Km e do Porto 55Km, contendo com a região total das freguesias e cidades marginais em torno de quase 400 mil habitantes. E também situa-se perto de grandes e lindas cidades portuguesas, como Nazaré, e de várias praias no litoral, Leiria está situada à beira do Rio Lis,cuja formação estende-se entre a colina do castelo e do Rio Lis.

Hoje ela é uma cidade ultra moderna, com várias edições de jornais, possui uma grande estação ferroviária, um aeródromo, e na sua economia produzida pelo setor agropecuário, construção civil, fabricação do vidro e principalmente o seu turismo, cuja cidade fica à beira de Fátima, Óbidos, Caldas da Rainha, Coimbra, Pombal etc., em  outras fantásticas cidades portuguesas.

Tive a honra de ficar hospedado em LEIRIA durante a minha primeira estada em Portugal onde fiquei por 30 dias, e durante 10 dias no seu maravilhoso HOTEL DOM JOÃO III, desfrutando dessa qualidade de Hotel de primeiro mundo e que com certeza novamente estive lá em nova viagem ao Portugal eterno, em Agosto de 2013.

Toda LEIRIA é para todo visitante uma maravilha e as suas freguesias locais maravilhosas que nos dão uma visão do quão maravilhoso é o seu conteúdo, e que compõem em torno de 29 Freguesias, que são: Amor- Arrabal-Azoia-Bajouca- Barosa-Barreira-Bidoeira de Cima-Boa Vista-Caranguejeira- Carreira-Carvide-Chainça- Coimbrão- Colmeias-Cortes-Leiria-Maceira-Marrazes-Memória-Milagres-Monte Real-Monte Redondo- Ortigosa- Parceiros- Pousos-Regueira de Pontes. Santa Catarina da Serra-Santa Eufémia e Souto da Carpalhosa.

Portanto, quem tiver o privilégio de ir a Portugal e ficar um tempo nessa maravilhosa cidade, como aconteceu com a minha pessoa, ficará eternamente grato e maravilhado com essa obra Lusitana de séculos e séculos maravilhosos do nosso querido e eterno PORTUGAL.

 

Adriano Augusto da Costa Filho
Membro da Casa do Poeta de São Paulo, Movimento Poético Nacional, Academia Virtual Sala dos Poetas e Escritores, Academia Virtual Poética do Brasil, Ordem Nacional dos Escritores do Brasil, Associação Paulista de Imprensa, Associação Portuguesa de Poetas/Lisboa e escreve quinzenalmente para o Jornal Mundo Lusíada.

1 Comment

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto:

Send this to a friend