Presidente anuncia que comemorações do Dia de Portugal começam em Portalegre

Da Redação
Com Lusa

O Presidente da República anunciou na segunda-feira que as comemorações do Dia de Portugal de 2019 vão começar em Portalegre, antes de prosseguirem junto dos portugueses e lusodescendentes residentes em Cabo Verde.

Marcelo Rebelo de Sousa falava no Palácio da Ajuda, em Lisboa, numa cerimônia de apresentação de cumprimentos de ano novo do corpo pelo diplomático acreditado em Portugal.

No início da sua intervenção, referindo-se à sua atividade neste novo ano, afirmou: “Reatarei os encontros regionais, assim permitindo um contacto ainda mais intenso e amigo, presente pelo 25 de Abril no Festival do Marvão ou no concerto de Natal, tudo culminando no Dia de Portugal em Portalegre, antes do convívio com as comunidades portuguesas em Cabo Verde”.

O chefe de Estado já tinha anunciado, no dia 31 de dezembro, em passagem pela Cidade da Praia, em Cabo Verde, que em 2019 as comemorações do 10 de Junho iriam realizar-se também no país.

“Começaremos no território português e depois partiremos para chegar aqui a meio da tarde, o que permitirá ainda nessa tarde e durante a noite celebrar aqui na Cidade da Praia e no dia seguinte na cidade do Mindelo [na ilha de São Vicente]”, declarou, na altura.

Em 2016, ano em que tomou posse como chefe de Estado, Marcelo Rebelo de Sousa lançou um modelo inédito de comemorações do Dia de Portugal, de Camões e das Comunidades Portuguesas, acertado com o primeiro-ministro, António Costa, em que as celebrações começam em território nacional e se estendem a um país estrangeiro com comunidades emigrantes portuguesas.

Nesse ano, o Dia de Portugal foi celebrado em Lisboa e Paris, em 2017 as comemorações foram no Porto e nas cidades brasileiras do Rio de Janeiro e de São Paulo, e em 2018 dividiram-se entre Ponta Delgada, nos Açores, e Boston e Providence, nos Estados Unidos da América.

Orgulho

A presidente da Câmara Municipal de Portalegre, Adelaide Teixeira, manifestou um “orgulho imenso” por a cidade do Alto Alentejo receber, este ano, o começo das comemorações.

“É um orgulho imenso receber em Portalegre o 10 de Junho. Era algo que já esperava, porque o Presidente da República, quando foi no encerramento do seminário ‘Mais Alentejo’, deixou de forma implícita que o 10 de Junho seria em Portalegre”, disse a autarca, em declarações à agência Lusa.

Eleita por um movimento independente, Adelaide Teixeira recordou que Portalegre foi a primeira cidade que Marcelo Rebelo de Sousa visitou após a sua tomada de posse como Presidente da República, sendo esta uma forma de “chamar à atenção” de que tem de ser dado “palco” ao interior do país.

“Não nos podemos esquecer que a primeira cidade que o Presidente da República visitou após a sua tomada de posse foi exatamente Portalegre, uma forma de chamar à atenção de todos de que temos que dar também palco ao interior do país e não nos podemos focar só nas grandes metrópoles, mas também no resto do território português”, disse.

A autarca prometeu começar a “trabalhar” e dar o seu “melhor” para que o Dia de Portugal seja assinalado em Portalegre da “melhor forma”.

“Vamos começar a trabalhar e dar o nosso melhor para que as comemorações decorram da melhor forma”, afirmou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto:

Send this to a friend