Ministra da Cultura anuncia projeto para combater “fake news” com Agencia Lusa

Da Redação

A Ministra da Cultura de Portugal, Graça Fonseca, afirmou que a agência de notícias Lusa vai desenvolver, em parceria com outras entidades, um sistema de verificação de fatos para combater a desinformação proporcionada pelas “fake news” (notícias falsas).

Durante conferência em Lisboa, organizada pela Lusa em parceria com a agência espanhola EFE, Graça Fonseca disse que desafiou a agência portuguesa a lançar o debate sobre o tema na sociedade portuguesa, dada a importância que o mesmo tem para o futuro e para a qualidade das democracias ocidentais.

A Ministra – que tutela a comunicação social – destacou também a necessidade de uma comunicação social forte juntamente com uma aposta cada vez maior na literacia midiática.

Segundo Graça Fonseca, “hoje em dia, a tecnologia permite-nos ter sistemas bastante sofisticados de fact-cheking” (verificação de fatos), como é o caso da inteligência artificial e a sua capacidade de, através de um algoritmo, determinar as notícias que são lidas pelo utilizador.

A Ministra referiu também alguns estudos de agências noticiosas, segundo os quais cerca de dois terços das pessoas acedem a notícias através de plataformas agregadoras de conteúdos e apenas 32% conhece a origem da informação.

Relativamente ao algoritmo, que conhece o que o leitor potencialmente gostaria de ler, Graça Fonseca afirmou que se trata de uma mudança radical “na forma como a comunicação social se organiza e como consumimos conteúdos e temos acesso a notícias”.

Para a Ministra, o primeiro passo para se mudar este panorama da desinformação “é ter consciência do que se está a passar”, parar, questionar e pensar sobre os conteúdos a que se tem acesso.

“É muito importante que a comunicação regulada – que opera de acordo com um código deontológico conhecido – seja uma arma forte, capaz de se transformar, de se adaptar e de responder a esta concorrência muito difícil”, referiu ainda.

As ‘fake news’ foram tema de uma conferência dia 21 de fevereiro, em Lisboa, organizada pelas duas agências noticiosas de Portugal e Espanha, Lusa e Efe, com o título “O Combate às Fake News – Uma questão democrática”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto:

Send this to a friend