Em SP, Brasil e Portugal assinam memorando para estimular exportações

Mundo Lusíada

A feira Intermodal South America, com a 25ª edição inaugurada na última terça-feira e que vai até hoje, conta mais uma vez com presença reforçada dos Portos de Portugal.

No dia 19, os presidentes da Associação de Comércio Exterior do Brasil (AEB), José Augusto de Castro, e da Administração dos Portos de Sines e Algarves (APS), Luís Cacho, assinaram no estande da Associação dos Portos de Portugal (APP), um Memorando de Cooperação e Entendimento.

O objetivo é complementar interesses na busca de uma melhor logística e redução de custos. O acordo visa aumentar a competitividade do comércio exterior brasileiro, em especial para o mercado da União Europeia, via Portugal.

Segundo Castro, o terminal tem posição estratégica como uma forma de entrada no mercado europeu, sendo importante para aumentar a competitividade das exportações brasileiras para o continente.

“É importante destacar que o porto tem cinco terminais, é o mais competitivo na costa atlântica, tem tarifas portuárias competitivas, além de contar com logística integrada (marítima, ferroviária e rodoviária), condições que facilitam o trânsito dos produtos para que cheguem com celeridade aos mais diversos destinos europeus”, afirma.

Ainda, de acordo com o presidente da AEB, a iniciativa vai ao encontro da demanda do setor privado na busca de alternativas para reduzir o Custo-Brasil, melhorar a produtividade e ampliar a competitividade dos produtos brasileiros na exportação, com foco especial em manufaturados.

“Em termos de economia, de um a dois dias de trânsito nos tráfegos oriundos dos mercados da região”, destaca ainda a presidente da APP, Lídia Sequeira. “Cremos que existem muitas similaridades entre os dois países e no tipo de mercadorias movimentadas e portos, com a ressalva da escala de cada país”, explica Lídia Sequeira.

Intermodal

Pela segunda vez, os Portos de Portugal (APP) participam da Intermodal South America. Marcam presença os portos de Leixões, Aveiro, Lisboa, Setúbal e Sines, contando ainda esta participação com o patrocínio da AICEP Global Parques e do grupo Yilport em representação dos Terminais Yilport Lisboa (Liscont e Sotagus), Yilport Figueira da Foz, Yilport Setúbal (Sadoport), Yilport Aveiro e Yilport Leixões.

Até esta quinta-feira, em espaço de 29 mil m2, são mais de 400 expositores e 32 mil profissionais oriundos de 22 países, dos setores do shipping e da logística reunidos no evento.

Segundo dados do Ministério da Economia, as trocas comerciais entre Portugal e o Brasil alcançaram o valor aproximado de 2 mil milhões de euros em 2018. Ainda de acordo com a mesma fonte, as exportações portuguesas para o Brasil foram, em 2018, lideradas pelo azeite, gasóleo, bacalhau, vinho e peras, e as importações por produtos agrícolas como o milho e a soja, petróleo e minérios.

Em 2018, o sistema portuário do Continente registrou um volume de carga que atingiu perto de 93 milhões de toneladas, sendo de destacar o crescimento de 1,15 milhões de toneladas no segmento da carga contentorizada, o que “reforça o posicionamento de Portugal nas ligações aos mercados da América do Sul, nomeadamente o Brasil” defende a APP.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto:

Send this to a friend