Vereador Arnaldo Faria de Sá falece aos 76 anos em São Paulo

Da Redação

Faleceu aos 76 anos, na manhã desta quinta-feira (16/6), o vereador Arnaldo Faria de Sá (PP). Segundo a Câmara Municipal, a causa ainda não foi confirmada. O parlamentar, que passou por tratamento de câncer, havia testado positivo para Covid-19 e estava internado e isolado desde a semana passada no hospital Nova Star.

Sempre ligado a comunidade portuguesa de São Paulo, na Câmara Municipal de São Paulo, o vereador presidia a Comissão Extraordinária do Idoso e de Assistência Social, pautas que ele defendeu ao longo de sua trajetória na vida pública.

O presidente da Câmara divulgou nota de pesar pela morte do vereador, e a Câmara Municipal de São Paulo decretou luto oficial de três dias.

“Lamento profundamente o falecimento do vereador Arnaldo Faria de Sá. Advogado, professor e deputado federal por oito mandatos, Faria de Sá trabalhou praticamente a vida toda pela defesa dos idosos e pelos direitos dos aposentados e pensionistas. Nossos sentimentos a todos os familiares e amigos” declarou Milton Leite (UNIÃO).

Nascido em São Paulo no dia 30 de dezembro de 1945, Arnaldo Faria de Sá era contabilista, advogado e professor e começou sua carreira profissional como office-boy. Foi deputado federal por 8 mandatos, secretário municipal de Esportes e de Governo da cidade de São Paulo.

Na Câmara Federal, Faria de Sá coordenou e foi um dos fundadores da Frente Parlamentar em Defesa da Previdência Pública, onde defendeu os aposentados e pensionistas do serviço público e do INSS durante as votações das reformas das Previdências dos governos FHC, Lula, Dilma e Temer.

Dentre outras ações, o parlamentar ainda lutou pela instalação dos Juizados Especiais Previdenciários e sua descentralização e foi responsável pela criação das Delegacias de Polícia do idoso.

Desde o primeiro mandato, reconhecido como o deputado dos aposentados, pensionistas e idosos, causa a que se dedicou de forma permanente. Parlamentar independente, foi relator da PEC 334/96, que veda o nepotismo. Nas lutas pelo porte de arma dos Agentes Penitenciários Lei 12.993/14. Relator da PEC da Polícia Penal. Estatuto com poder de Polícia às Guardas Municipais Lei 13.022/14. Da MP 234, que alterou o Código Civil, transformada na Lei 11.127/05. Garantiu a manutenção do sistema confederativo ao atuar pela derrubada por inconstitucionalidade das Medidas Provisórias 293 e 294, de 2006, que tratavam da reforma sindical. Muito ativo nos bastidores, foi assíduo às atividades de plenário, comissões permanentes, especiais e de inquérito. Foi presidente da Comissão de Viação e Transportes; Comissão de Educação e vice-presidente da Comissão de Seguridade Social.

Comunidade Portuguesa

Ao longo dos anos, o ex-deputado Faria de Sá esteve presente em diversas casas e solenidades de datas comemorativas luso-brasileiras.

No último 1º de Maio, Faria de Sá esteve mais uma vez presente no Ato Cívico em Comemoração ao dia “22 de Abril – Dia do Descobrimento do Brasil e da Comunidade Luso-Brasileira” no Parque Ibirapuera, junto da comunidade lusa.

“É com pesar que comunicamos o falecimento do querido amigo Arnaldo Faria de Sá. Que Deus o receba de braços abertos e conforte os corações dos familiares e amigos” divulgou o Conselho da Comunidade Luso-Brasileira do Estado de S.Paulo.

Ainda, a Portuguesa de Desportos divulgou comunicado de pesar pela sua morte. “Ex-Deputado Federal, e exercendo o cargo de vereador na cidade de São Paulo, Arnaldo Faria de Sá teve diversos cargos dentro da Lusa tais como Presidente da Diretoria Executiva, Presidente do Conselho Deliberativo, Presidente da Assembleia Geral, membro nato. Neste momento de tristeza, a Portuguesa se solidariza com os amigos e os familiares”.

Também diversos políticos e líderes institucionais pelo Brasil divulgaram pesar pela morte do ex-deputado, de São Paulo.

Arnaldo deixa esposa, duas filhas e três netos. O vereador será velado no Cemitério de Congonhas (R. Min. Álvaro de Sousa Lima – Jd. Marajoara), a partir das 18h, e o sepultamento acontecerá às 10h desta sexta, no mesmo local.

Abaixo, algumas participações de Arnaldo Faria de Sá nas casas portugueses em São Paulo:

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: