Roberto Leal presta homenagem aos Mamonas em show

 

O show de Roberto Leal foi ainda marcado pela participação de João Ricardo. Português de Arcozelo, é cantor, criador e principal compositor das músicas do grupo Secos & Molhados.

 

Por Vanessa Sene
Para Mundo Lusíada

Mundo Lusíada

>> Roberto Leal durante apresentação no palco da Casa de Portugal SP.

A Casa de Portugal de São Paulo esteve cheia na noite de sábado, 23 de outubro, para o show de Roberto Leal. Esta noite marcou o lançamento do Box com dois CDs do cantor, “Raic/Raiz” e “Vamos Brindar”.

O artista recebeu mais uma vez caravanas de diversos locais, como São Luis do Maranhão, Ribeirão Preto, Porto Alegre, além de ter sido acompanhando em Lisboa, com transmissão direta via web. O diretor da Casa de Portugal, Dr. David da Fonte esteve presente no evento, assim como diversas personalidades da comunidade portuguesa, além de jornalistas do Estadão e da Rádio Globo.Mas, como mencionou Roberto Leal, este foi um show diferente dos demais. Aproveitando a presença de familiares do grupo Mamonas Assassinas, Roberto Leal prestou uma homenagem a eles, com um vídeo mostrando trechos de shows e diferentes depoimentos sobre a banda de rock cômico que fez um grande sucesso no Brasil. Os quatro integrantes foram vítimas de um acidente aéreo fatal em 1996. Os “Mamonas”, como eram chamados, se preparavam para uma carreira internacional, com partida para Portugal prevista para 3 de março daquele ano. Porém, no dia anterior, o jatinho Learjet em que viajavam chocou-se contra a Serra da Cantareira, numa tentativa de arremeter vôo. O enterro da banda foi acompanhado por mais de 65 mil fãs.Em meio ao seu show, Roberto Leal relatou que ficara aguardando, a beira do Rio Tejo, os meninos que “nunca aparecerem”. Ele recepcionaria a banda, depois do sucesso que a música “Vira”, uma sátira da original “Arrebita” de Roberto Leal, fez no Brasil. Ao final da homenagem, e com a autorização dos familiares presentes, Roberto Leal cantou a sua famosa canção, no palco.Ao Mundo Lusíada, Hildebrando Alves Leite, pai do vocalista Dinho, falou sobre a amizade que surgiu com Roberto Leal. “O Roberto está prosseguindo com a música do Vira, que já era dele. Ele nos pediu autorização, e nós já o acompanhávamos. Para nós é uma satisfação estar junto com ele” afirmou, citando a oportunidade de conhecê-lo e poder prestigiar Roberto Leal. Hildebrando ainda comentou sobre a sátira que a banda, querida até hoje, fazia à música de Roberto Leal. A canção Vira-vira, na voz dos Mamonas, passou a ser conhecida maciçamente. “Para ele, o Dinho levou o Vira para os quatro cantos do mundo” comentou.Nesta noite, o show de Roberto Leal foi ainda marcado pela participação de João Ricardo. Português de Arcozelo, João Ricardo é cantor, criador e principal compositor das músicas do grupo Secos & Molhados, a banda que se tornou um dos maiores fenômenos da música popular brasileira, batendo todos os recordes de venda de discos e público, na década de 70. João Ricardo foi convidado a subir no palco, e abriu o show ao lado de Roberto Leal.O jantar que antecipou a apresentação da noite ficou a cargo do Buffet O Marques.Após cumprir agenda mais uma vez na Venezuela, Roberto Leal voltou ao Brasil para diversas apresentações. Entre elas, está previsto show no Tênis Clube de Santo André, no ABC Paulista, apresentação no Arouca São Paulo Clube, e também dia 26 de novembro na Ilha Porchat em São Vicente, na Baixada Santista.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto:

Send this to a friend