Presidente de Portugal deu entrada no Hospital de Santa Cruz para fazer cateterismo

Da redação
Com Lusa

O Presidente de Portugal, Marcelo Rebelo de Sousa, deu entrada no Hospital de Santa Cruz, em Oeiras, para fazer um cateterismo nesta quarta-feira, anunciou o próprio à porta desta unidade hospitalar, em declarações à SIC.

O chefe de Estado disse que o exame que irá realizar, sem anestesia geral, servirá para “analisar o estado em que se encontra um determinado vaso sanguíneo, um preciso” e poderá ou não justificar uma posterior intervenção.

“Ou não é preciso nenhuma intervenção, ou é preciso intervenção muito pequena, imediata, que é colocar ‘stent’, um ou mais, ou, coisa que espero que não aconteça, é preciso uma intervenção de maior fôlego, imediata ou a prazo”, explicou, declarando-se “muito tranquilo”.

Ao vivo, Marcelo Rebelo de Sousa acrescentou que levou livros para ler naquele hospital do distrito de Lisboa, e que tem estado a acompanhar o debate do Programa do Governo na Assembleia da República, tendo ouvido a intervenção do primeiro-ministro, António Costa.

O Presidente da República revelou há cerca de três semanas, no programa da SIC Alta Definição, que tinha marcado um cateterismo, após ter feito exames de cardiologia, que “genericamente estão bem, mas restou uma dúvida”, porque na sua família há um histórico de problemas cardíacos.

O chefe de Estado adiantou que o cateterismo seria “para ver em relação a um determinado vaso sanguíneo em que há acumulação de cálcio se essa acumulação de cálcio está num grau que é excessivo, se não está num grau que é excessivo, e o que é que isso significa”.

O vaso sanguíneo em causa situa-se “não no coração, não em tudo o que é fundamental, a começar nas carótidas para a irrigação do cérebro – a cabecinha é fundamental para o exercício desta função”, referiu, na altura.

Neste contexto, Marcelo Rebelo de Sousa reiterou que a sua saúde será um fator determinante para a sua decisão sobre uma recandidatura ao cargo de Presidente da República, sobretudo tendo em conta o seu “estilo de presidência, que é uma presidência próxima, também fisicamente”.

Estas declarações abriram o Jornal da Noite da SIC no dia 10 de outubro e a sua entrevista ao programa Alta Definição, de Daniel Oliveira, foi emitida na íntegra no dia 12 de outubro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto:

Send this to a friend