Prefeitura de São Bernardo abre festejos dos 200 Anos

Comemorações da prefeitura podem integrar projeto cidade-irmã com Aveiro.

Mundo Lusíada

Mundo Lusíada

A Prefeitura de São Bernardo do Campo, cidade do Grande ABC, em São Paulo, escolheu o dia 10 de Junho – Dia de Portugal, Camões e Comunidades Portuguesas – para abrir a programação em comemoração ao bicentenário de chegada da corte portuguesa ao Brasil.

Nesta terça-feira, a prefeitura recebeu integrantes da comunidade portuguesa, setor de panificação da região, imprensa e autoridades locais, para lançar a “Comissão Municipal Organizadora”, instituída para elaborar e coordenar as atividades alusivas à data e que terá por objetivo promover eventos comemorativos até 7 de setembro, Dia da Independência do Brasil. “Com as duas datas importantes para nossa história, começamos e terminamos o festejo dos 200 anos da vinda da família real”, disse ao Mundo Lusíada o prefeito de São Bernardo, William Dib (PSB).

De acordo com Dib, não basta apenas obras na cidade, é preciso “valorizar a história”. “A vinda da família real tem um significado importante, não só pela abertura dos portos, mas pelo verdadeiro marco do desenvolvimento econômico sustentado no país que conhecemos.

E a colônia portuguesa tem um valor inestimável para uma cidade que tem várias colônias: italiana, japonesa, árabe – que sou descendente – e que construíram essa cidade”, disse o prefeito. Segundo o médico William Dib, ao promover essas homenagens durante os próximos três meses, “São Bernardo nada mais faz do que reconhecer na sua história a importância do desenvolvimento na cultura, na culinária, na economia, de uma colonização de extrema importância”, referiu.

Para o subprefeito de Riacho Grande, descendente de trasmontanos e também ligado ao Elos Clube do Grande ABC, os portugueses descobriram, colonizaram e impulsionaram o Brasil. “Desde todo esse tempo, os portugueses sempre investiram muito na construção deste país. Não podemos deixar de evidenciar que ainda hoje vemos grandes empresas de Portugal investindo no Brasil, em todos os setores da sociedade”, citou Ramos de Oliveira, lembrando ainda que Portugal está na lista dos países que mais investem no país.

Aveiro: cidade-irmã O secretário licenciado Admir Ferro (PSDB) e Iara Aparecida Gobbet, atual secretária de Educação e Cultura de São Bernardo, também trabalham no projeto de geminação com Aveiro, para integrar a programação dos festejos dos 200 anos.

Após uma visita à cidade portuguesa em 1991, a qual contou com a presença de Ramos de Oliveira, foi dada entrada no projeto que faz de São Bernardo cidade-irmã de Aveiro. "Está aprovado por São Bernardo e por Aveiro, está liberado pelo Ministério das Relações Exteriores do Brasil, e Ministério dos Negócios Estrangeiros de Portugal. Falta compatibilizar as datas", disse ao Mundo Lusíada o subprefeito de Riacho Grande, integrante da comissão organizadora.

Toda programação de atividades está em discussão. Procurado pelo Elos Clube, o vereador Admir Ferro, então Secretário da Educação, determinou que fosse feito um levantamento para que a Secretaria de Educação e Cultura pudesse subsidiar “elementos importantes em toda essa trajetória”, disse Ramos de Oliveira. A atual presidente do Elos Clube local disse que está “à disposição para realização de parte das atividades”, referiu Márcia Rodrigues, filha de portugueses e atuante no associativismo luso-brasileiro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    Send this to a friend