Polícia lusa nega intenção de deter amigo do casal McCann

21/AGO/2007

  

Da Agencia Lusa

O porta-voz da Polícia Judiciária (PJ, ligada ao Ministério luso da Justiça) para o caso Madeleine McCann, inspetor Olegário Sousa, desmentiu à Lusa na terça-feira, 21 de agosto, que a polícia inglesa esteja preparando a detenção de um amigo dos pais da menina, dizendo que essa informação “não tem lógica nenhuma”.

A informação de que detetives britânicos se preparam para deter um amigo do casal McCann em Exeter, Reino Unido, depois de terem recebido indicações da polícia portuguesa, foi publicada no jornal inglês Daily Express.

Olegário Sousa reiterou que a PJ não divulga o seu calendário de inquirições, lembrando que, no decorrer de uma investigação, “há sempre a possibilidade” de serem recolhidos mais testemunhos.

Quanto aos resultados das amostras de sangue recolhidas no apartamento do complexo turístico Ocean Club, onde Madeleine dormia quando desapareceu, e em diversos veículos, o inspetor disse não haver novidades e que a PJ continua à espera da chegada das análises, que estão sendo feitas num laboratório inglês.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: