Papa: Aborto é semelhante a contratar assassino para resolver problema

Da Redação
Com Lusa

Nesta quarta-feira, o papa Francisco condenou a interrupção da gravidez, considerando que o ato é semelhante a quem contrata “um assassino profissional para resolver um problema”.

O pontífice falava na audiência geral realizada todas as quartas-feiras na Praça de S. Pedro, no Vaticano.

Francisco refletiu hoje sobre o quinto mandamento – “Não matarás” -, condenando a “supressão da vida humana no ventre da mãe em nome da salvaguarda de outros direitos”.

“Mas como pode um ato que suprime a vida inocente e indefesa no início ser terapêutico, civil ou simplesmente humano?”, questionou.

“É justo suprimir uma vida humana para resolver um problema? É justo contratar um assassino para resolver um problema? Não”.

O papa considera que “uma criança doente, como qualquer pessoa necessitada e vulnerável” não é um problema, mas sim “um presente de Deus”.

Visitas

Ainda, anteriormente, o papa Francisco divulgou mensagens de apoio ao diálogo entre as duas Coreias e à cimeira histórica realizada a 12 de junho, em Singapura entre o líder norte-coreano e o Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump.

O líder norte-coreano, Kim Jong un, vai pedir, através do presidente sul-coreano, ao papa que visite Pyongyang, segundo informou um porta-voz oficial da Coreia do Sul.

O convite será feito pelo Presidente sul-coreano, Moon Jae-in, durante uma viagem à Europa que vai realizar na próxima semana e que inclui uma visita ao Vaticano.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto:

Send this to a friend