Equipe avalia danos após rompimento de barragem em Minas Gerais

Da Redação
Com EBC

Uma barragem rompeu-se na cidade de Brumadinho, próxima a Belo Horizonte, em Minas Gerais. As informações preliminares foram dadas pela Defesa Civil. Uma equipe com técnicos está se dirigindo ao local para avaliar a situação.

A Vale do Rio Doce, empresa responsável pela barragem, divulgou nota há pouco. “As primeiras informações indicam que os rejeitos atingiram a área administrativa da companhia e parte da comunidade da Vila Ferteco. Ainda não há confirmação se há feridos no local. A Vale acionou o Corpo de Bombeiros e ativou o seu Plano de Atendimento a Emergências para Barragens”, informou a empresa.

Segundo a empresa, a prioridade é “preservar e proteger a vida de empregados e de integrantes da comunidade”.

A prefeitura já lançou um comunicado pedindo que os moradores fiquem longe do leito do Rio Paraopeba.

O Ministério Público do Estado Minas Gerais deslocou uma equipe do Núcleo de Combate aos Crimes Ambientais (Nucrim) para avaliar a extensão dos danos causados.

A Defensoria Pública de Minas Gerais também está se mobilizando diante do rompimento. O órgão divulgou em nota informando que já está atuando no local e funcionará em regime de plantão durante todo o final de semana por meio do telefone (31) 99619-9756.

O presidente Jair Bolsonaro lamentou, há pouco, em mensagem no Twitter, o rompimento da barragem na cidade de Brumadinho, na região metropolitana de Belo Horizonte.

“Lamento o ocorrido em Brumadinho-MG. Determinei o deslocamento dos ministros do Desenvolvimento Regional [Gustavo Canuto] e Minas e Energia [Bento Costa Lima], bem como nosso secretário Nacional de Defesa Civil [Alexandre Lucas] para a região”, afirmou o presidente na rede social.

“O ministro do Meio Ambiente [Ricardo Salles] também está a caminho. Todas as providências cabíveis estão sendo tomadas”, escreveu o presidente.

“Nossa maior preocupação neste momento é atender eventuais vítimas desta grave tragédia”, completou Bolsonaro.

Ações caem

A tragédia em Brumadinho (MG) refletiu-se no desempenho das ações da mineradora Vale no exterior. Os papéis negociados na Bolsa de Valores de Nova York, que haviam iniciado o dia com leve alta, passaram a despencar logo após a divulgação do rompimento da barragem da companhia. Por volta das 15h15, as ações da multinacional brasileira eram vendidas a US$ 13,35, com recuo de 10,16% em relação ao fechamento de ontem (24).

Por causa do feriado de aniversário da capital paulista, as ações da Vale não estão sendo negociadas na B3. Os efeitos do acidente na barragem só serão sentidos na abertura do mercado na segunda-feira (28).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto:

Send this to a friend