Brasil ultrapassa os 500 mil casos de Covid-19, um milhão na América Latina

Da Redação

O Brasil registrou 480 mortos e 16.409 infectados pelo novo coronavírus nas últimas 24 horas, totalizando agora 29.314 óbitos e 514.849 casos confirmados desde a chegada da pandemia ao país.

Segundo o Ministério da Saúde brasileiro, está ainda a ser investigada a eventual relação de 4.208 mortes com a doença, naquele que é o quarto país no mundo com o maior número de vítimas mortais em decorrência da covid-19, e o segundo em relação ao número total de infectados.

Ainda de acordo com a tutela da Saúde, o país já registrou a recuperação de 206.555 pacientes infetados, sendo que 278.980 doentes estão sob acompanhamento.

O estado de São Paulo, foco da covid-19 no país, concentra 109.698 casos de infecção e 7.615 mortes. Segue-se o Rio de Janeiro, que soma 53.388 casos diagnosticados e 5.344 vítimas mortais. Ambas cidades foram palco de protestos nesse domingo.

Em plena pandemia de covid-19 no país, o Presidente brasileiro, Jair Bolsonaro, juntou-se hoje a um grupo de manifestantes, em Brasília, sem recorrer ao uso de máscara, contrariando assim um decreto do governo do Distrito Federal, que obriga ao uso da proteção contra o vírus em espaços e vias públicas.

Jair Bolsonaro, um dos líderes mais céticos em relação à gravidade da atual pandemia, tem suscitado duras críticas por se opor ao isolamento social para combater a propagação da doença, que chegou a classificar de “gripezinha”.

Além do apoio a Bolsonaro, os manifestantes ergueram cartazes em defesa de medidas inconstitucionais e antidemocráticas, como o encerramento do Congresso e do Supremo Tribunal Federal (STF), assim como uma intervenção militar.

Num primeiro momento, o chefe de Estado usou um helicóptero para sobrevoar o movimento de apoio ao seu Governo para, mais tarde, se juntar presencialmente aos seus defensores, e cumprimentá-los junto ao Palácio do Planalto, sede da Presidência em Brasília.

Posteriormente, Jair Bolsonaro montou um cavalo e cavalgou entre os manifestantes, acenando para o grupo.

América Latina

O número de casos confirmados de infecção pelo novo coronavírus na América Latina e nas Caraíbas ultrapassou um milhão no domingo, metade dos quais no Brasil, segundo contagem da agência France Presse com base em dados oficiais.

Desde o início da pandemia, foram oficialmente registados um total de 1.016.828 casos de covid-19 na América Latina e nas Caraíbas, incluindo 514.849 no Brasil, o país da região mais afetado pela doença covid-19, provocada pelo novo coronavírus.

O Brasil é, com 29.314 mortes registadas, o quarto país do mundo em termos de mortalidade devido ao novo coronavírus, atrás dos Estados Unidos (103.781 mortes), do Reino Unido (38.376) e da Itália (33.340).

Com 164.476 pessoas infetadas, o Peru é o segundo país mais afetado da América Latina.

A nível global, a pandemia de covid-19 já provocou mais de 370 mil mortos e infectou mais de 6 milhões de pessoas.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: