Beneficência Portuguesa SP é primeira fora da Europa a utilizar GRI para relatos de sustentabilidade

Arquivo: Reunião de diretores de beneficências na Beneficência Portuguesa de SP.

Da Redação

A BP – A Beneficência Portuguesa de São Paulo, um dos maiores polos de saúde privados da América Latina, é a primeira instituição fora da Europa a utilizar a versão mais recente das diretrizes da Global Reporting Initiative (GRI), a GRI Standards, para publicar seu Relatório de Sustentabilidade.

A Global Reporting Initiative é uma organização sem fins lucrativos com sede nos Países Baixos que elabora as diretrizes seguidas pela maioria das organizações ao redor do mundo para a elaboração de relatórios anuais.

Trata-se da principal referência internacional para esse tipo de atividade, auxiliando empresas, governos e outras instituições a divulgarem informações econômicas, ambientais e sociais de forma a explicitar melhor o impacto dos negócios no âmbito da sustentabilidade.

“A BP alia a tradição de uma instituição de 159 anos a um estímulo de inovação que busca as melhores práticas sustentáveis. Mais do que apresentar resultados financeiros, nosso relatório mensura anualmente o desempenho social e ambiental da BP e reforça o nosso compromisso com a transparência e a responsabilidade nas relações com nossos diversos públicos”, explica Maria Alice Rocha, superintendente-executiva de Pessoas, Comunicação Corporativa e Sustentabilidade da BP.

O GRI Standards é o primeiro padrão global para relatórios de sustentabilidade que garante às organizações relatoras distinções mais claras entre o que é requisito, recomendação e orientação para se declarar de acordo com as opções Essencial ou Abrangente. Em edições anteriores do relatório, a BP já havia utilizado outras versões da norma, que é atualizada periodicamente.

“Para uma instituição como a nossa, que pretende ser referência em Sustentabilidade, é natural a evolução no formato do relato. Nosso Plano de Sustentabilidade prevê diversas iniciativas para tornar nossa jornada cada vez mais sustentável e perene”, conclui a executiva da BP.

A Beneficência Portuguesa de São Paulo agora é BP, um polo de saúde com 4 hospitais com foco em alta complexidade e que atendem diferentes perfis de clientes e outros 3 serviços que contemplam medicina diagnóstica, atendimento ambulatorial e educação e pesquisa, em mais de 220 mil m² construídos, 7.500 colaboradores e 4.500 médicos distribuídos em 8 edifícios e cerca de 50 clínicas nos bairros da Bela Vista, onde são concentrados os serviços privados, e da Penha, onde são oferecidos os serviços para clientes regulados pelo Sistema Único de Saúde (SUS).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto:

Send this to a friend