Alerta em Portugal de temperaturas mínimas entre -4 e 6 graus para sexta e sábado

Da Redação
Com Lusa

A Proteção Civil alertou esta quinta-feira para os riscos das temperaturas baixas esperadas nas próximas 48 horas, desde a formação de gelo ao perigo de intoxicações por causa de lareiras e braseiras sem ventilação adequada.

Num aviso à população divulgado ao início da tarde, a Autoridade Nacional de Proteção Civil reitera as previsões mais recentes do Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA), que antecipa temperaturas mínimas entre quatro graus negativos e seis graus e máximas que não deverão ir além dos 18 graus em todo o território continental na sexta-feira.

O “desconforto térmico elevado” deverá estender-se até à madrugada de sábado e a Proteção Civil recomenda cuidados especiais com crianças, idosos, doentes crônicos e pessoas sem-abrigo.

Entre as recomendações, ventilação nas casas em que haja lareiras ou braseiras, que se desliguem os aparelhos de aquecimento durante as horas de sono e, na estrada, a adoção de condução defensiva com atenção a troços com gelo.

Em conjunto com a Direção-Geral da Saúde, recomenda ainda que a população se resguarde da exposição prolongada ao frio e mudanças bruscas de temperatura, que se usem várias camadas de roupa e se prefira sopas e bebidas quentes para aquecer em vez de álcool, “que proporciona uma falsa sensação de calor”.

Distritos

O distrito de Bragança vai estar sob aviso amarelo, devido ao frio, entre a meia-noite de quinta-feira e as 12h00 de sábado, um cenário que se repete nos restantes distritos do continente a partir da meia-noite de sexta-feira.

“A temperatura mínima deverá descer no dia 10 no interior norte e centro, especialmente na Beira Alta, onde, nas terras altas, as descidas poderão ser da ordem de 5 a 8 graus Celsius. Assim, os valores da temperatura mínima deverão variar genericamente entre 2 e 6 graus Celsius, sendo inferiores no interior norte e centro, onde variarão aproximadamente entre -4 e 1 graus”, descreve o instituto.

Para sexta-feira, prevê-se que estas diminuições de temperatura se estendam ao restante território (com reduções de 2 a 4 graus Celsius, no caso da mínima). Neste dia, “a temperatura máxima deverá variar aproximadamente entre 10 e 14 graus Celsius, sendo inferior no Nordeste Transmontano e na Beira Alta, onde será inferior a 8°C, e ligeiramente superior em alguns locais do litoral sul”.

As previsões apontam para um “aumento do desconforto térmico” até sábado, tendo em conta a intensificação do vento, que nas terras altas poderá ser de até 50 quilômetros por hora. Por vezes, até meio da manhã de sábado, poderão ocorrer rajadas de 65 quilômetros por hora, em especial nas regiões Norte e Centro.

Prevê-se igualmente formação de geada a chegar junto ao litoral. Na sequência das previsões de frio, vários municípios anunciaram medidas de apoio aos sem-abrigo, com a abertura de espaços para pernoite.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto:

Send this to a friend