Sábado, 16 de Dezembro de 2017 Mundo Lusiada no Facebook Mundo Lusiada no Twitter Mundo Lusiada no YouTube

Preço das casas em Portugal continua a subir acima da média europeia

Por | 11 outubro, 2017 as 10:08 am | Nenhum comentário

Da Redação

O preço das casas em Portugal continuou a aumentar acima da média europeia no segundo trimestre do ano, quer em termos homólogos quer face ao trimestre anterior, segundo dados do Eurostat divulgados pela Lusa.

No segundo trimestre, o preço das habitações aumentou 1,5% na zona euro e 1,8% na União Europeia, face ao primeiro trimestre, com Portugal a registar uma subida de 3,2%, revela hoje o Eurostat.

Na comparação homóloga, ou seja, com o segundo trimestre de 2016, os preços das casas aumentaram 3,8% na zona euro e 4,4% no conjunto da União a 28, enquanto em Portugal aumentaram 8%, indicam ainda os números divulgados pelo gabinete oficial de estatísticas da UE.

Na comparação em cadeia, face ao primeiro trimestre deste ano, as maiores subidas entre abril e junho foram registadas na Letónia (6,1%), Eslováquia (5,6%) e Roménia (4,9%) — protagonizando Portugal a oitava maior subida -, enquanto os maiores recuos nos preços tiveram lugar na Hungria (-1,5%) e Bélgica (-0,7%).

Já na comparação com o segundo trimestre de 2016, as maiores subidas foram observadas na República Checa (13,3%), Irlanda (10,6%) e na Lituânia (10,2%), tendo Portugal a sétima maior subida, enquanto os preços recuaram ligeiramente em Itália (-0,2%).

3,5 milhões de investimento

A plataforma de financiamento imobiliário participativa Housers vai operar em Portugal, onde prevê captar 11 mil utilizadores num ano e um investimento de 3,5 milhões de euros para financiar a compra de 10 a 15 imóveis em Lisboa e Porto.

Num comunicado, a empresa explica que abriu uma delegação em Lisboa e que em Portugal replicará o modelo de negócio implantado em Itália, país onde opera desde maio.

“A expansão para Portugal é um passo importante na nossa estratégia a médio prazo para nos convertermos na primeira comunidade de financiamento participativo do sector imobiliário do sul da Europa”, segundo o sócio fundador da Housers Álvaro Luna.

No comunicado, a Housers sublinha que já tem 68 mil utilizadores que investiram 32 milhões de euros em 167 imóveis.

A plataforma tem como objetivo alcançar 100 mil utilizadores antes do fim deste ano, bem como superar os 45 milhões de euros de investimento em imóveis em Espanha e Itália.



+ Acessadas



 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

 
 
© 2011 Jornal Mundo Lusíada - RVR PROMOÇÕES E PUBLICIDADE LTDA. Todos os direitos reservados.
Assine - Fale Conosco - Publicidade