Sábado, 18 de Novembro de 2017 Mundo Lusiada no Facebook Mundo Lusiada no Twitter Mundo Lusiada no YouTube

Portugal e seus Sabores

Por | 10 novembro, 2017 as 2:21 pm | Nenhum comentário

Após 30 dias de viagem por Portugal, posso atestar embora restritamente, por locais onde passei, o que vem a ser os sabores e delicias, tanto nos lugares, cidades, aldeias bares, restaurantes, eventos, as paisagens e delícias gastronômicas lusitanas.
Fiquei 30 dias em Sintra, o corolário das belezas Lusitanas, com seus palácios e beleza como cidade e notar a imensidão de turistas do mundo inteiro em um volume descomunal por toda orla das belezas centenárias dos palácios e castelos de eras infinitas portuguesas, romanas e mouras.
Lisboa incomparável na sua beleza estética, criada a séculos e séculos sem fim, desde o grego Ulisses, “Ulissesbom” Lisboa derivativo, embora existam outras formulações e formatações, todavia a beleza inconteste de Lisboa e que na presença do turista se torna ainda mais linda e romântica, com sua modernidade junto a eras seculares. O seu Rio Tejo com suas margens ostentando a beleza descomunal de Lisboa, com pontes incríveis e de belezas estonteantes.
Após 15 dias com passeios incríveis por todas essas regiões, fui para a cidade do Porto, onde fiquei também extasiado com a beleza marcante da cidade, uma metrópole imensa, carregando laços da modernidade e da antiguidade e ao lado da magistral cidade de “Vila Nova de Gaia”, repositório das Caves do mais, maior e eterno “Vinho do Porto” marca mundial da qualificação maior em todas eras. O Rio Douro e sua Ribeira com as suas 5 pontes, os barcos turísticos e a multidão de turistas passeando em toda orla da Ribeira.
Do Porto, fui para Trás-os-Montes, terra de meus pais, minha mãe Maria Anes da Costa em Rio Frio/Bragança e meu pai Adriano Augusto da Costa em Carção/Vimioso. Ali em Trás-os-Montes com suas belezas milenares apreciamos várias eras guardadas para sempre, dos tempos dos Celtas, dos Romanos, dos Judeus, dos Mouros, e bem como dos Lusitanos e Portugueses.
Foi uma jornada inesquecível, que tudo que vi ou apreciei não daria para compor nas linhas do artigo, todavia, tudo que passei em 30 dias na “TERRA SANTA DO PORTUGAL ETERNO” me fez ainda mais Lusitano do que sou, orgulho de ser BRASILEIRO deste BRASIL criado pelos Portugueses e ser para sempre “BRASILEIRO PELO SOL E PORTUGUES PELO SANGUE” !

 

Adriano Augusto da Costa Filho
Membro da Casa do Poeta de São Paulo, Movimento Poético Nacional, Academia Virtual Sala dos Poetas e Escritores, Academia Virtual Poética do Brasil, Ordem Nacional dos Escritores do Brasil, Associação Paulista de Imprensa, Associação Portuguesa de Poetas/Lisboa e escreve quinzenalmente para o Jornal Mundo Lusíada.



+ Acessadas



 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

 
 
© 2011 Jornal Mundo Lusíada - RVR PROMOÇÕES E PUBLICIDADE LTDA. Todos os direitos reservados.
Assine - Fale Conosco - Publicidade