Sábado, 20 de Dezembro de 2014 Mundo Lusiada no Facebook Mundo Lusiada no Twitter Mundo Lusiada no Orkut Mundo Lusiada no YouTube

Santo André aproxima laços com cidades-irmãs visando ampliar negócios com Portugal

Por | 4 março, 2013 as 10:02 am | Nenhum comentário

Busca de oportunidades em Braga e Vouzela, município em que nasceu João Ramalho, estão no foco da Prefeitura.

 

Wagner Fernandes, Paulo Freitas e Flávia Veronezi Manfredi de Campos, assistente da diretoria de relações internacionais.

Wagner Fernandes, Paulo Freitas e Flávia Veronezi Manfredi de Campos, assistente da diretoria de relações internacionais.

Da Redação

Dando sequência à estratégia de aproximação com as cidades-irmãs, representantes do Departamento de Relações Internacionais de Santo André, ligado à Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Trabalho, se reuniram nesta semana com a Casa de Portugal do Grande ABC. O encontro identificou oportunidades de novos investimentos, além de incentivar a ampliação do comércio exterior e o intercâmbio cultural entre as cidades.

Das seis cidades-irmãs, duas são portuguesas: Braga e Vouzela. A última tem uma particularidade ainda maior com Santo André, pois trata-se do local de nascimento de João Ramalho, colonizador do município andreense. Próximo à data de aniversário do descobrimento da cidade (8 de abril), tradicionalmente, é feita uma homenagem na estátua de João Ramalho, localizada no Paço Municipal. O evento é realizado pela Casa de Portugal, em conjunto com o Cerimonial da prefeitura. “Queremos resgatar cada vez mais os laços com nossas cidades-irmãs e, por meio desta integração, transformar oportunidades em investimentos”, avalia a vice-prefeita e secretária de Desenvolvimento Econômico de Santo André, Oswana Fameli.

O diretor de Relações Internacionais de Santo André, Wagner Rodrigues Fernandes, e o presidente da Casa de Portugal, Paulo Augusto de Freitas, conversaram sobre a possibilidade de ampliar a relação com as cidades portuguesas. À ocasião, foi destacado que Braga é a terceira com maior potencial econômico, atrás de Lisboa e Porto, sendo uma região que, em termos de negócios, tem mais possibilidades a oferecer, pois possui um centro acadêmico tradicional, a Universidade do Minho.

Paulo Freitas, que estará em Braga, Portugal, em junho, afirmou que ajudará a Relações Internacionais de Santo André, indicando as principais fontes de informação e possíveis negócios. O representante citou dois exemplos de indústrias de Braga que já fizeram investimentos com Santo André: indústrias de moldes plásticos e de mobiliário de padarias. O representante acrescentou que o Consulado de Portugal possui um departamento voltado às relações comerciais, podendo organizar delegações. Outra ação debatida foi a possibilidade de agendar palestra com o Cônsul de Portugal do Brasil.

Além dos municípios portugueses, são cidades-irmãs de Santo André a italiana Sesto San Giovanni; São Nicolau, no Cabo Verde, Nueva San Salvador, em El Salvador, e a japonesa Takasaki.

A Secretaria promove série de ações voltadas ao fortalecimento das empresas de micro, pequeno, médio e grande portes. Entre as quais, destacam-se o Banco do Povo Paulista, Centro Público de Emprego, Trabalho e Renda, o fomento ao comércio e exportação, entre outras.  Estas iniciativas contemplam estabelecimentos comerciais, prestadoras de serviços e indústrias, com foco tanto no mercado interno como no comércio internacional.

Santo André

O município foi fundado oficialmente em 8 de abril de 1553. Com área de 174,38 km², está localizado no Grande ABC (Região Metropolitana de São Paulo), distante 18 km da Capital. A cidade é estratégica para o setor logístico, pois está inserida no principal polo econômico do país, próxima a algumas das principais rodovias estaduais e federais, as quais dão acesso ao Porto de Santos e aos aeroportos de Cumbica e de Congonhas.

Conforme último censo, divulgado em 2011, Santo André possui 678.486 habitantes. No mesmo ano, o PIB (Produto Interno Bruto) foi de R$ 16,9 bilhões, sendo o 29º maior do país e o 10º maior entre as cidades do Estado de São Paulo. O orçamento de 2013 é de R$ 2,4 bilhões.





 

Deixe uma resposta

 

 
© 2011 Jornal Mundo Lusíada - RVR PROMOÇÕES E PUBLICIDADE LTDA. Todos os direitos reservados.
Assine - Fale Conosco - Publicidade